Último artigo científico

Cancro Nariz Vermelho

ANÁLISE DA VIVÊNCIA DE CRIANÇAS COM CÂNCER

Autor: Paula Corrêa da Silva | E-mail: paulabotani@gmail.com
Enfermeira. Mestre em Ciências pela Escola Nacional de Saúde Pública – ENSP/FIOCRUZ e Doutoranda em Ciências pela ENSP/FIOCRUZ

Análise da vivência de crianças com câncer

Resumo

O diagnóstico de câncer infantil representa desafios e mudanças na vida da criança e sua família exigindo readaptações e estratégias de enfrentamento. Objetivou-se analisar como as crianças atendidas num hospital da Grande Vitória vivenciam estar com câncer. Trata-se de uma pesquisa descritiva, exploratória, de abordagem qualitativa com 8 crianças com idade entre 7 e 12 anos em tratamento no Serviço de Onco-Hematologia de um hospital do município de Vitória. Foi aplicado um roteiro de entrevista semiestruturada e analisadas de acordo com a técnica de Conteúdo Temática. Os resultados revelam que as crianças sofrem modificações no seu cotidiano, influenciado pela doença e o tratamento, interferindo em especial na rotina escolar. Assim, é importante que os profissionais de saúde compreendam como as crianças se sentem e pensam sobre a doença e a partir disso estabeleçam um plano de cuidados eficaz, que satisfaça as necessidades das mesmas e promova sua saúde e bem-estar.

Descritores: Câncer. Criança. Enfermagem Oncológica.

Abstract

The diagnosis of childhood cancer presents challenges and changes in the lives of children and their families requiring retrofits and coping strategies. This study aimed to analyze how children treated at a hospital in Greater Vitória experience living with cancer. This is a descriptive, exploratory, qualitative study with 8 children aged between 7 and 12 years old being treated at the Department of Onco-Hematology of a hospital in the city of Vitoria. A semi-structured interview guide was used and analysed according to the technique of Thematic Content. The results show us that they suffer special changes in their day by day, influenced not only by the illness, but also for its treatment, interfering specially in the school routine. So, it is also important that the health professionals become able to understand how the kids feel themselves, and what they think about. From this time on, they will be likely to establish a way of efficient “cares”, which can make better the needs of them, and most of all, they promote the health and well-being of our lovely children.
Keywords: Neoplasms. Child. Oncology Nursing.

Ler mais >>

Mais artigos científicos

Ver todos os artigos científicos >>

Artigos de opinião ou novidades